Deep Purple: ainda causando boa impressão

Resenha - Live At Montreux 2006 - Deep Purple

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Em 1971, quando o Deep Purple decidiu gravar em Montreux, Suíça, o clássico “Machine Head” – e de onde o famoso incêndio culminou em “Smoke On The Water” – a promoção para ambos os lados foi tamanha que a relação da banda com esta cidade se tornou bastante próxima desde então. Assim sendo, o conjunto já havia tido a oportunidade de gravar neste mesmo local sua apresentação em 1996 no Free Jazz Festival, há tempos uma instituição cultural que ocorre anualmente e por onde já passaram figuras do calibre de David Bowie, Marvin Gaye, Robert Plant e Jimmy Page, Eric Clapton, Carlos Santana e Bob Dylan.
Rock e Metal: Doze ótimos álbuns para iniciantesMusas do Metal Nacional: combo de talento e sensualidade

Com uma formação que há anos vem garantindo uma tranqüilidade que nunca se conheceu no começo de sua carreira, o Deep Purple chega agora com seu mais novo álbum ao vivo, “Live At Montreux 2006”, também registrado em DVD duplo. No ano passado, novamente os ingleses foram os escolhidos para encerrar a então 40º edição do Free Jazz Festival, que ocorreu no dia 15/07/06, enquanto estava na turnê de divulgação de seu último álbum de estúdio, “Rapture Of The Deep” (05).

Mesmo que muitos considerem que a banda tenha deixado para trás tudo o que tinha de melhor a oferecer – e, convenhamos, este é um comentário um tanto quanto maldoso – o repertório deste CD é uma saudável mistura de suas canções mais novas como “Things I Never Said” e “Rapture Of The Deep” e alguns dos inquestionáveis clássicos que todos já conhecem. O grupo ainda causa boa impressão, especialmente Ian Gillan, que, mesmo com o peso da idade naturalmente causando algum desgaste na potência de sua voz, não deixa a peteca cair.

Com várias modificações nos arranjos originais, algumas bem sacadas incursões instrumentais – o medley que Mr Airey executa ficou magnífico! – o resultado é puro alto-astral e muito contagiante (será que no vídeo também passam esta impressão?), características de qualquer dinossauro veterano que se preze. Ian Gillan, Steve Morse, Roger Glover, Ian Paice e Don Airey tocaram um set brilhante de 16 músicas, mas apenas 12 constam neste CD. E aqui entra um ponto questionável, pois infelizmente foi deixado de fora a inédita “Too Much Fun”, escrita especialmente para a ocasião...

Agora adivinhem se o Deep Purple toca os hits “Space Truckin’”, “Highway Star” ou “Smoke On The Water”?

Deep Purple - Live At Montreux 2006
(2007 / Eagle Rock Entertainment – nacional)

01. Pictures Of Home
02. Things I Never Said
03. Strange Kind Of Woman
04. Rapture Of The Deep
05. Wrong Man
06. Kiss Tomorrow Goodbye
07. When A Blind Man Cries
08. Lazy
09. Keyboard Solo
10. Space Truckin’
11. Highway Star
12. Smoke On The Water

Homepge: www.deep-purple.com

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Rock e Metal
Doze ótimos álbuns para iniciantes

Smoke on the Water: jovens garotas tocam clássico do Deep PurpleDeep Purple: gravadora deu a ideia para título de novo discoDeep Purple: Roger Glover garante que turnê do "adeus" será longaDeep Purple: confira nova música, "All I Got Is You"Todas as matérias e notícias sobre "Deep Purple"

Deep Purple
O exorcismo de Coverdale em "Stormbringer"

Joe Lynn Turner
"O Purple agora é uma espécie de Ian Gillan Band!"

Full Rock
Músicas perturbadoras e inquietantes

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Deep Purple"

Musas do Metal
Combo de talento e sensualidade

Duff McKagan
"Entre 1989 e 1993 eu cheirei meu peso em cocaína"

Dave Mustaine
A emocionante carta de despedida ao amigo Nick Menza

Separados no nascimento: Geddy Lee e Marquito do RatinhoBruce: "Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!"Stoner Rock: Um guia básico para o estiloSons of Anarchy: Gemma Teller passou pela cama de Gene SimmonsSeparados no nascimento: Edu Falaschi e Luciano HuckPaul Está Morto? O maior boato da história do rock.

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online