Clenched Fist: paixão pelo som dos anos 80

Resenha - Into The Fire - Clenched Fist

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Glauco Silva
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Há algum tempo atrás fui num evento em Sampa e assisti a trocentas bandas tocando thrash e heavy oitentista. No dia achei, no mínimo, estranho ver tanta gente com jeans justos, tênis branco cano alto e jaquetas cobertas de patches. Depois de considerar um pouco, pensei – e não é que têm razão, dado a quantas andam o heavy e thrash atuais?
Cristina Scabbia: "Símbolo sexual? Fico surpresa com isto!"Zakk Wylde: Aerosmith é tão falso quanto Britney Spears?

E quem mais ajudou a forjar essa imagem positiva foi o Clenched Fist, quinteto reunido em 2002 na paulicéia. Fiquei muito impressionado com o show deles há algumas semanas aqui no interior (Campinas), mas a 1ª demo supera todas as expectativas! Com apenas um ano de estrada, gravaram esta matadora “Into The Fire” com muito capricho, 7 faixas de peso avassalador e – o mais importante – identidade própria.

A intro de “Conan, o Bárbaro” é, convenhamos, extremamente batida entre as bandas tradicionalistas, mas se encaixa como uma luva aqui. Will Wild já começa ‘Words Of Death’ mostrando um competente trabalho de bumbos, abrindo espaço pra dupla Frost and Fire e Doomicus Metalicus esmerilhar as guitas em sincronia.

Em ‘Hates Of Dogmas’, Ragno Fist mostra a que veio: performance competente no inglês, muita potência e – o mais vital, em minha opinião – afinação. Eventualmente há exageros nos agudos, mas caramba... mesmo esses funcionam muito bem, é extremamente empolgante! Essa faixa e ‘Clenched Fist’ investem mais no peso–padrão do que nas velocidades ou muita variação de fraseados musicais. Eficientes, com solos corretos e diretas ao ponto.

Agora, ‘Into The Fire’, ‘Bang Your Head’ e ‘Valhalla’ são pérolas do mais alto valor: riffs e andamentos absolutamente contagiantes, refrões que grudam na cabeça, trabalho de cozinha impecável (a cargo de Will e a ótima Chris Clenched)... já nasceram praticamente clássicas, pra aplaudir de pé – ou melhor, moer o pescoço com headbanging!

Quantidades cavalares de honestidade e paixão pelo verdadeiro (e saudoso) som dos anos 80 permeiam esta ótima demo – que só não leva um 10 pois poderia apresentar um pouco mais de capricho na apresentação. Corra atrás e assista ao show (eles felizmente vivem na estrada), extremamente recomendado! E que continuem nessa trilha de talento, peso e honestidade...

Faixas:
1. Intro
2. Words Of Death
3. Hates Of Dogmas
4. Into The Fire
5. Clenched Fist
6. Bang Your Head
7. Valhalla

Contatos: clenchedcris@hotmail.com
Rua Sebastião A. Dos Reis, 442
Santo Amaro - São Paulo/SP
CEP 05843-350

Sites:
http://www.clenchedfist.tk/
http://www.myspace.com/ClenchedFistBand

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Clenched Fist"

Cristina Scabbia
"Símbolo sexual? fico surpresa com isto!"

Aerosmith
"Escreveram grandes músicas quando eram bêbados e drogados!"

Iron Maiden
Desvendando a música "Paschendale"

5 músicas para entender um headbangerAC/DC: empresário recorda exigências inusitadas da bandaChristian Bale: ator aprendeu Pantera na bateria para novo filmeScorpions: Análise vocal de Klaus MeineClassic Rock Magazine.com: Revista elege guitarristas mais selvagensDiscos: 5 clássicos do rock que não tiveram boas vendas

Sobre Glauco Silva

36 anos, solteiro, estudou Linguística e Engenharia de Alimentos na UNICAMP. Tem sua sobrevivência (CDs, cigarro e cerveja) garantida no trabalho em uma multinacional. Iniciado no Metal em 1988, é baixista/vocal do LACONIST (Death Metal) e acredita fielmente que o SARCÓFAGO é a melhor banda do universo.

Mais informações sobre Glauco Silva

Mais matérias de Glauco Silva no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online