Deicide: entusiasmo que não se ouvia desde 97

Resenha - Scars Of The Crucifix - Deicide

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Glauco Silva
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
A sétima investida em estúdio do Deicide, última com os irmãos Hoffmann nas guitarras, mostra um ábum, no mínimo, inspirado: contrato e gravadora nova, Glen Benton animado com sua participação no Vital Remains. Todos estes elementos resultaram num entusiasmo que não se ouvia desde “Serpents Of The Light”, de 97.
United By Metal: 20 anos de "Serpents Of The Light", do DeicideBlack Sabbath: um Tony Iommi que você não conhecia

Apesar das letras repetitivas – e cada vez mais ofensivas – de Glen, o grupo voltou a mostrar a que veio, como no começo de carreira: voltou a ser uma banda perigosa, influente, tanto se sobressaindo à mesmice que começava a imperar nesse triunfal retorno do Death Metal quanto se modernizando em alguns aspectos: com o sucesso de bandas contemporâneas técnicas e velocíssimas como Behemoth, Nile e o nosso Krisiun, ficou evidente que era necessário dar um passo à frente.

E é o que, felizmente, colocaram em prática: Brian e Eric (por onde andam?) criaram tanto riffs pesadíssimos como verdadeiras máquinas de esmerilhar tímpanos – sem mencionar os solos pra lá de inspirados. É verdade que saíram da banda no mesmo ano que saiu esse CD, mas fecharam seu legado com chave de ouro. Glen voltou a dobrar mais os vocais, de forma magistral, como no início dos anos 90, e Steve mostra que fez bastante lição de casa pra alcançar os Max Kolesne e Derek Roddy da vida: bumbos alucinantes como sempre fez, mas com blastbeats mais nervosos.

Difícil apontar um destaque individual, mas o crescendo da faixa-título, a pancadaria tangível de “Fuck Your God” e “When Heaven Burns” são as que se sobressaem nas primeiras audições. Agora fica só a torcida para a Evil Horde lançar logo o mais recente deles - o monstruoso “The Stench Of Redemption”, já que até o DVD já soltaram aqui na terrinha... além, é claro, do desejo que voltem logo pra uma 2ª tour brasileira!

Tempo total - 29:32.

Faixas:
1. Scars Of The Crucifix (3:08)
2. Mad At God (3:05)
3. Conquered By Sodom (2:58)
4. Fuck Your God (3:32)
5. When Heaven Burns (4:08)
6. Enchanted Nightmare (2:12)
7. From Darkness Come (2:58)
8. Go Now Your Lord Is Dead (1:55)
9. The Pentecostal (5:36)

Lançamento nacional: Evil Horde Rec.

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Metal Injection
20 álbuns que completam 20 anos em 2017

United By Metal: 20 anos de "Serpents Of The Light", do DeicideSix Feet Under: guitarrista Jack Owen se junta à bandaTodas as matérias e notícias sobre "Deicide"

Deicide
Slipknot não forneceu a ajuda de que eles não precisavam

Capas polêmicas
Slayer, Megadeth, Dream Theater, Carcass...

Qual a verdade?
O polêmico encontro de Glen Benton e Euronymous

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Deicide"

Black Sabbath
Um Tony Iommi que você não conhecia

Punk Rock
Os 25 maiores discos de todos os tempos

Tatuagem
O que é pior nesta homenagem ao Guns N' Roses?

Guns N' Roses: quanto foi oferecido para Izzy Stradlin? MSL revelaTragédias: 10 das piores ocorridas em shows de Rock e MetalW. Axl Rose: antes do Hollywood Rose e do Guns houve o RapidfireLynyrd Skynyrd: o professor que inspirou nome da bandaJared Dines: qual a diferença entre metal e o metalcore?Heavy Metal: os 11 melhores álbuns da década de 70

Sobre Glauco Silva

36 anos, solteiro, estudou Linguística e Engenharia de Alimentos na UNICAMP. Tem sua sobrevivência (CDs, cigarro e cerveja) garantida no trabalho em uma multinacional. Iniciado no Metal em 1988, é baixista/vocal do LACONIST (Death Metal) e acredita fielmente que o SARCÓFAGO é a melhor banda do universo.

Mais informações sobre Glauco Silva

Mais matérias de Glauco Silva no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online