Demon Angels: hard variado, melódico e convincente

Resenha - Time Of Confusion - Demon Angels

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Ben Ami Scopinho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 8

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
O MSG (Michael Schenker Group) passou por um estranho período na segunda metade dos anos 80. Por mais improvável que fosse, o talentoso e não menos orgulhoso guitarrista alemão mudou o nome de sua banda para MSG (McAuley Schenker Group) e passou a seguir uma orientação bem mais comercial em seu Hard Rock que era, até então, tipicamente europeu.
"Master Of Puppets": membros de bandas comentam álbumQueen: Bowie, Mercury e a história de Under Pressure

Pois bem, esta segunda geração do MSG contou com a bonita voz de Robin McAuley em três bons álbuns de estúdio, um ao vivo e outro acústico. Mas desde que o sr. Schenker encerrou as atividades da banda, este excelente vocalista participou de alguns poucos registros não muito relevantes, e qual não foi minha surpresa ao constatar que McAuley foi recrutado para cantar e produzir o debut do obscuro Demon Angels.

A banda foi formada em 1998, em Turin (Itália), pelo guitarrista Chris Falco, e tem na bagagem várias demos e a participação em algumas coletâneas, conseguindo fazer certo nome no underground de seu país. “Time Of Confusion” foi gravado em Los Angeles e traz oito faixas de um Hard Rock bem variado, melódico e pra lá de convincente, com influências diretas de Scorpions, Motley Crue e, naturalmente, do velho MSG.

McAuley continua cantando muito e, mesmo sendo o nome mais conhecido por aqui, não se pode subestimar a capacidade dos músicos do Demon Angels, em especial a de Falco, que dispara ótimos riffs e solos por todo o álbum. As faixas agradarão em cheio aos amantes do gênero, destacando-se “Movin' On”, “Let's Dance” e suas ótimas guitarras; “Victoria” e “We Belong”, que lembram o MSG; e ainda “Freedom”, já seguindo os moldes do Motley Crue.

Apesar de toda a indefinição do projeto gráfico, a música de “Time Of Confusion” é muito bem executada e isenta de modernidades. Quem aprecia bandas como Mr. Big, Europe, McAuley Schenker Group e Motley Crue, terão bons momentos garantidos durante a audição do álbum, mesmo este tendo apenas 35 minutos. De qualquer maneira, vale a conferida!

Formação:
Robin McAuley - voz
Chris Falco - guitarra
Gary Dibitonto - baixo
John Lie - bateria

Demon Angels – Time Of Confusion
(2006 / Perris Records - importado)

01. Gonna Get It
02. Movin' On
03. Let's Dance
04. Victoria
05. We Belong
06. Freedom
07. The Promise
08. Won't Let Go

Homepage: www.demonangels.com

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Demon Angels"

Master Of Puppets
Membros de bandas comentam álbum

Queen
Bowie, Mercury e a história de Under Pressure

Iron Maiden
Banda cai no riso em show nos EUA de 2008

Facebook: bandas terão mais dificuldade em divulgar materialGuns N' Roses: "Quer ver algo cedo? Vá assistir Friends!"Frances Cobain: "O Twitter deveria banir minha mãe"Lacuna Coil: após polêmica, músico pede desculpa a brasileirosSlipknot: banda trolla repórter da Multishow antes de show no RIRMegadeth: as estranhas histórias de turnê de Drover e Broderick

Sobre Ben Ami Scopinho

Ben Ami é paulistano, porém reside em Florianópolis (SC) desde o início dos anos 1990, onde passou a trabalhar como técnico gráfico e ilustrador. Desde a década anterior, adolescente ainda, já vinha acompanhando o desenvolvimento do Heavy Metal e Hard Rock, e sua paixão pelos discos permitiu que passasse a colaborar com o Whiplash! a partir de 2004 com resenhas, entrevistas e na coluna "Hard Rock - Aqueles que ficaram para trás".

Mais informações sobre Ben Ami Scopinho

Mais matérias de Ben Ami Scopinho no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online