Resenha - Kiss Of Death - Motorhead

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Rafael Carnovale
Enviar correções  |  Comentários  | 

Nota: 9

O texto representa opinião do autor, não do Whiplash.Net ou dos editores.

Imagem
Este novo CD do Motorhead já chega com uma tremenda responsabilidade: superar o sensacional “Inferno” de 2004. Desde “Sacrifice” (1996), a banda vem mantendo uma regularidade espantosa em seus lançamentos, mandando pedrada atrás de pedrada. Só que “Inferno” foi de longe um dos melhores CD’s da banda com a formação Lemmy/Phil Campbell/Mickey Dee. Logo, “Kiss Of Death” já vem com uma missão um tanto quanto complicada, mas como trata-se de Motorhead e Lemmy Kilmister (que Ozzy teve a coragem de dizer que achava um “milagre” o mesmo estar vivo...) podemos esperar no mínimo um CD muito bom e rockeiro.
Motörhead: pela 1ª vez, Mikkey Dee visita estátua de LemmyHeavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1981

E não dá outra: “Sucker” já começa o CD com 3 minutos de pura paulada com o baixo de Lemmy no talo e as guitarras de Phil detonando o espaço. Mickey Dee faz o que tem que fazer, e olha que no Motorhead isso não é desmerecer ninguém. “One Night Stand” traz a boa levada rockeira que vem norteando vários trabalhos da banda e que funciona muito bem, enquanto que “Devil I Know” é mais pesada e traz em destaque a batida forte de Mickey Dee. “Trigger” passa como um trator por nossas cabeças, com riffs rápidos e solos certeiros, e “Under The Gun” nos remete a um blues pesadão, do tipo que você ouve naquele beco escuro e imundo... coisas que só o Motorhead faz prá você.

Mesmo mantendo a fórmula consagrada e vencedora de seus predecessores, “Kiss Of Death” traz algumas surpresas para os fãs do bom rock and roll. “God Was Never On Your Side” (que remete a “Lost In The Ozone” do CD “Bastards” e traz CC DeVille – Poison – como convidado) mostra-se uma balada pesada e bem interessante, assim como a rockeira “Christine” e a cadenciada “Be My Baby”. Para os mais tradicionais, as boas “Kingdom Of The Worm” (bem similar a “Sacrifice”) e “Going Down” funcionam bem.

Um grande CD. A prova viva de que os 60 anos e os milhões de cigarros e litros de uísque de Mr. Lemmy só fizeram bem ao Motorhead. Não supera o excelente “Inferno”, mas de longe é um dos melhores CD’s do ano. COMPRE!

2006 – SPV - IMPORTADO

Site Oficial: http://www.imotorhead.com

Quer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Outras resenhas de Kiss Of Death - Motorhead

Motorhead: mais rock n' roll que propriamente MetalResenha - Kiss Of Death - MotorheadResenha - Kiss Of Death - Motorhead

Motörhead
Pela 1ª vez, Mikkey Dee visita estátua de Lemmy

Blend Guitar: em vídeo, as dez maiores bandas de Heavy MetalRock e Metal: em vídeo, as 10 despedidas mais épicas da históriaTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

Papai Truezão
Astros do Heavy Metal em fotos com seus filhos

Motorhead
Lemmy manda a real sobre os terroristas de Paris

Motörhead
"O metal é um filho bastardo do Rock n' Roll"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Todas as matérias da seção Resenhas de CDs e DVDsTodas as matérias sobre "Motorhead"

Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1981

Lemmy Kilmister
Chorando, Dave Grohl se despede do grande amigo

Slash
"Nunca fui o que você chamaria de guitarrista técnico!"

Beatles: homenagens e paródias à capa de "Abbey Road"Bandas Iniciantes: 11 cagadas que vocês NÃO podem cometerAvenged Sevenfold: as mulheres da vida dos integrantes da bandaThe Beatles: banda foi vetada pela CBF na Copa de 66Broderick: estar no Megadeth é constantemente pesar prós/contrasTestament: só as bandas que lotam estádios estão indo bem

Sobre Rafael Carnovale

Nascido em 1974, atualmente funcionário público do estado do Rio de Janeiro, fã de punk rock, heavy metal, hard-core e da boa música. Curte tantas bandas e estilos que ainda não consegue fazer um TOP10 que dure mais de 10 minutos. Na Whiplash desde 2001, segue escrevendo alguns desatinos que alguns lêem, outros não... mas fazer o que?

Mais matérias de Rafael Carnovale no Whiplash.Net.

Link que não funciona para email (ignore)

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em agosto: 1.237.477 visitantes, 2.825.604 visitas, 7.034.755 pageviews.

Usuários online