Warrant

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Warrant

Postado por Mick Balboa | Fonte: Wikipedia

  | Comentários:

Warrant é uma banda estadunidense de hard rock formada no ano de 1984, em Hollywood, pelo guitarrista Erik Turner, sendo originalmente composta também por Chris Vincent (baixo), Adam Shore (vocal), Josh Lewis (guitarra base), Max Asher (bateria). Logo no começo, Chris saiu da banda, e foi substituído por Jerry Dixon.

Em setembro de 1986, após assistir uma apresentação de uma banda chamada “Plain Jane”, Erik chamou o vocalista Jani Lane e o baterista Steven Sweet para ensaiarem com sua banda. Lane e Sweet, juntamente com o guitarrista Joey Allen, que substituiu Lewis, logo entraram definitivamente para o Warrant, completando a formação “clássica”, que viria a gravar os três primeiros álbuns da banda. A entrada de Lane se mostraria fundamental para o sucesso do grupo, visto que ele logo se tornou seu principal compositor.

Imagem

Com a formação renovada, o Warrant passou os anos seguintes trabalhando intensamente, tocando sempre que havia oportunidade, abrindo shows para Ted Nugent, Stryper, Black N’ Blue, entre outros. Logo se tornam conhecidos como uma das melhores bandas de hard rock do efeverscente circuito de clubes de Los Angeles.

Em setembro de 1987, gravaram uma fita demo para a Paisley Park Records, que pertencia ao cantor pop Prince. Depois, gravaram umas faixas para a A&M Records e emplacaram uma música na trilha sonora do conhecido filme "Bill and Ted’s Excellent Adventure", chamada "Game of War". Pouco depois, assinaram seu primeiro contrato profissional com a Columbia. Lane imediatamente gastou sua parte do adiantamento com um Corvette preto que ele bateu no mesmo dia.

Os membros do Warrant passaram o segundo semestre de 1988 trabalhando na gravação do álbum de estreia da banda, sendo acompanhados pelo renomado produtor Beau Hill. Jani, que havia sofrido um colapso nervoso após flagrar sua então namorada fazendo sexo com seu então melhor amigo (essa traição inspirou a letra da canção “I Saw Red”, do álbum “Cherry Pie”), não pôde participar das gravações por um período, atrasando seu processo. "Dirty Rotten Filthy Stinking Rich (D.R.F.S.R.)" saiu no começo de 1989, e alcançou o 10º lugar na parada da Billboard, ganhando Disco de Platina Dupla pelas duas milhões de cópias do álbum vendidas nos EUA.

A sonoridade desse álbum incorpora com perfeição o espírito extravagante do hard rock oitentista, com músicas de grande apelo comercial, cheias de refrões pegajosos e riffs de guitarra firulentos, enquanto as letras das músicas tratam de temas como materialismo ("32 Pennies", "D.R.F.S.R"), sexo ("Down Boys", "So Damn Pretty", "Cold Sweat"), solidão ("Sometimes She Cries"), e, obviamente, dor de cotovelo ("Heaven") . O visual dos membros da banda também apresentava o estilo glam tão em voga à época: roupas coloridas e cheias de brilhos, cabelos longos e armados, muita maquiagem e androginias.

O álbum teve ótima recepção tanto por parte da crítica quanto do público, e seus quatro singles chegaram às paradas da Billboard: “Down Boys” (27º lugar geral e 13º na de singles de rock), as baladas “Heaven” (2º lugar) e “Sometimes She Cries” (20º lugar), e “Big Talk” (93º lugar geral e 30º entre os singles de rock). O sucesso das “power ballads” e a boa aparência de Jani Lane contribuíram para aumentar o apelo da banda entre o público feminino.

Na tour de divulgação de “D. R. F. S. R.”, a banda percorreu incansavelmente a América do Norte, se apresentando ao lado de bandas do nível de Ratt, Cinderella, Motley Crue, Poison e Aerosmith.

Em 1990, foi lançado o primeiro registro em vídeo do grupo, “Warrant: Live – Dirty Rotten Filthy Stinking Rich”, gravado durante um show na Flórida, e que posteriormente ganharia o Disco de Platina nos EUA.

Ainda em 1990, voltaram a trabalhar com Beau Hill no que se tornaria seu álbum mais bem sucedido (7º lugar na Billboard Top 200), "Cherry Pie". Mantendo a mesma sonoridade glam de seu antecessor, emplacou outros quatro singles nas paradas de sucesso: a faixa-título (10º lugar na Billboard), as baladas “I Saw Red” e “Blind Faith” (respectivamente 10º e 88º lugares), e “Uncle Tom’s Cabin” (39º lugar entre os singles de rock).

Imagem
"Cherry Pie", que é provavelmente a canção do Warrant mais conhecida, por pouco não foi criada. O álbum já estava indo para a mixagem sem ela, mas a gravadora exigiu a presença de uma canção de rock mais comercial para impulsionar suas vendas. Lane então a compôs em 15 minutos. Dixon e Allen, acreditando que as gravações já haviam sido concluídas, viajaram para Denver para se apresentarem em um concerto para a caridade, sendo chamados às pressas para Los Angeles para gravar a faixa. Curiosamente, o solo de guitarra foi tocado pelo guitarrista do Poison, C. C. DeVille.

O clipe da faixa-título foi intensamente exibido pela MTV. Durante sua gravação, Jani conheceu a modelo Bobbie Brown, com quem posteriormente se casaria e teria uma filha, Taylar Jayne Lane.

Em 1991, o Warrant foi a banda de abertura do trecho britânico da turnê “A Little Ain’t Enough”, de Dave Lee Roth. Ainda nesse ano, aconteceu a maior tour do Warrant como atração principal, a “Blood, Sweat and Beers Tour”. Percorreram arenas e anfiteatros nos EUA e no Canadá durante quatro meses, contando com o Trixter e o Firehouse como atração de abertura.

Em 1992, sentindo as novas tendências musicais trazidas pela nova década, a banda se juntou ao produtor Michael Wagener para gravar seu terceiro álbum de estúdio, "Dog Eat Dog", que apresentou uma sonoridade mais agressiva, sombria e pesada, recebendo, mais uma vez, grande aclamação da crítica. As letras das canções também demonstram o amadurecimento da banda, principalmente de Jani, e não tratam apenas de amor e sexo, incluindo também temas mais complexos, como ficção científica ("April 2031") e vouyerismo ("Hole in My Wall").

Imagem
No entanto, o momento em que “Dog Eat Dog” foi lançado não foi propício para a banda. Desde o começo dos anos 90, o grunge vinha em ascensão, ganhando as atenções que as emissoras de rádio e TV e as gravadoras antes dispensavam para as bandas de hard rock. Pouco após o lançamento do álbum, Lane descobriu que o pôster gigante do Warrant que ficava exposto na sede da Columbia Records havia sido substituído por um da banda grunge Alice in Chains. Mesmo com as boas críticas, o álbum ficou apenas em 25º lugar na Billboard, bem abaixo das vendagens de seus antecessores, recebendo “apenas” um Disco de Ouro.

Promovendo “Dog Eat Dog”, a banda fez uma grande turnê europeia, se apresentando em diversas datas do festival itinerante “Monsters of Rock”, cuja atração principal era o Iron Maiden.

Após a turnê mundial “Dog Eat Dog”, começou um período caracterizado por frequentes mudanças na formação da banda. Lane temporariamente saiu da banda para iniciar sua carreira solo, a banda foi dispensada da gravadora Columbia e seu empresário de longa data, Tom Hulet, faleceu.

Em 1994, Lane retornou ao grupo e uma curta turnê por clubes estadunidenses foi realizada. Allen e Sweet saíram, sendo substituídos, respectivamente, por Rick Steier e James Kottak. Com essa formação, assinaram um contrato com o empresário Tom Lipsky, da CMC Records, para representá-los na América do Norte, e outro com a Pony Canyon Records, que faria o mesmo no Japão.

O álbum “Ultraphobic” foi lançado em março de 1995 e, embora elogiado pela crítica, vendeu bem menos que seus predecessores. Produzido novamente por Beau Hill, sua sonoridade trouxe uma mistura do hard rock pesado e direto de “Dog Eat Dog” com sonoridades mais alternativas. Sua turnê de promoção passou pela América do Norte, Japão e Europa.

Kottak deixou a banda em março de 1996, e foi substituído por Bobby Borg. “The Best Of Warrant”, a primeira coletânea da banda foi lançada em 1996, compilando faixas de todos os álbuns lançados à época.

O quinto álbum da banda, “Belly to Belly”, foi lançado em outubro de 1996. Descrito pelo guitarrista Steier como um "álbum conceitual", as letras de suas músicas seguem uma sequência, contando uma estória sobre fama, fortuna e decadência.

O Warrant lançou outro álbum ao vivo, "Warrant Live 86-97", em julho de 1997, que foi gravado durante um concerto em Detroit no dia 22 de novembro de 1996. Ainda em 97, eles fizeram uma grande turnê pela América do Norte abrindo para Alice Cooper, juntamente com Dokken e Slaughter, se apresentando em grandes anfiteatros a arenas. Após turnê, Borg deixa a banda, sendo temporariamente substituído por Vikki Foxx.

O Warrant se apresentou na primeira edição da tour “Rock Never Stops”, em 1998, juntamente com Quiet Riot, Firehouse, Slaughter e LA Guns.

Em 1999, é lançado um álbum de regravações, “Greatest & Latest”, contendo novas versões de alguns dos maiores clássicos da banda, assim como três novas músicas: "The Jones", "Southern Comfort" e "Bad Tattoo".

Em 2001, foi lançado o álbum de covers “Under the Influence”, contando com músicas de artistas que exerceram influência sobre a sonoridade da banda, como Queen, Aerosmith e Cheap Trick, além de duas faixas inéditas, "Face" e "Sub Human". A formação que gravou o álbum contava com Jani Lane (v), Erik Turner (g), Jerry Dixon (baixo), Billy Morris (g). Mike Fasano (bateria) e Mike Morris (t). No verão, fizeram uma mini-turnê abrindo novamente para o Poison, novamente atraindo bom público às presentações.

Em 2002, Jani lançou seu primeiro álbum solo, “Back Down to One”, pouco tempo antes de fazer sua primeira entrada em uma clínica de reabilitação para tratar os vícios em álcool e drogas. Em 2003, já com o vocalista de volta, a banda se apresentou novamente na “Rock Never Stops Tour”, ao lado de Whitesnake, Kip Winger e, novamente, Slaughter. Essa turnê
marcou a entrada do baterista Kevan Phares no Warrant, substituindo Fasano.

Em 2004, Jani Lane largou a banda, levando Morris e Phares com ele. Ele tentou iniciar sua própria versão da banda, mas foi impedido por um processo legal movido por seus ex-companheiros.

Fasano retornou brevemente à banda no lugar de Phares, antes do retorno de Steven Sweet. Joey Allen também retornou pouco depois e, para os vocais, o escolhido foi Jaime St. James, ex Black N’ Blue.

Essa formação gravou, juntamente com o produtor Pat Regan, o sétimo álbum de estúdio do Warrant, intitulado “Born Again” e lançado no dia 4 de fevereiro de 2006. Videoclipes foram feitos para todas as canções do álbum, que foram posteriormente compilados no DVD "Born Again: Delvis Video Diaries", juntamente com cenas dos bastidores e o making of do registro.

Nesse período, Lane formou uma nova banda, Saints of the Underground, que contava com outros músicos experientes, como Keri Kelli (que já havia tocado com Alice Cooper, Warrant, Ratt, etc.), Robbie Crane e Bobby Blotzer (ambos do Ratt). Seu debute, “Love the Sin, Hate the Sinner”, foi lançado em 2008.

No começo de 2008, foi anunciado o retorno de Jani Lane ao Warrant. A banda se apresentou mais uma vez no festival Rocklahoma e chegou a anunciar uma turnê com o Cinderella, que foi posteriormente cancelada devido a uma hemorragia nas cordas vocais de Tom Kiefer, vocalista do Cinderella. No entanto, em setembro do mesmo ano, Lane saiu do grupo novamente, alegando diferenças criativas e problemas de relacionamento. Robert Mason, ex-Lynch Mob, assumiu os vocais em seu lugar.

Com essa formação, o Warrant lançou outro álbum de estúdio, “Rockaholic”, lançado em maio de 2011.

No dia 11 de agosto de 2011, Jani Lane, então com 47 anos, foi encontrado morto em um quarto de hotel em Los Angeles. Sua morte foi provocada pelo excessivo consumo de álcool.

Imagem

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Matérias e Biografias
Todas as matérias sobre "Warrant"

Bobbie Brown: a vida mundana e devassa da musa mor do hard rock
Guitar World: os 20 melhores álbuns de Hair Metal dos anos 80
Warrant: Jani Lane falará do além através de médium em rádio
Warrant
Jack Russell: lutando para impedir filme sobre Jani Lane
Warrant: vida de Jani Lane virará filme em 2013
Ex-esposas do Rock: como foi ser casada com um rockstar?
Histórias de Guerra: O Sr. Anos 80 de Los Angeles
Warrant: Os vinte anos de "Dog Eat Dog"
Warrant: um resgate da passagem pelo Brasil em 1997
Warrant: caçambada de material inédito com Jani Lane
Warrant: "a vida de Jani Lane está em suas músicas"
Strip-Tease: algumas canções que combinam com o tema
Warrant: ex-esposa de vocalista critica músicos
Warrant: guitarrista acredita na possibilidade de novo DVD

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Mick Balboa

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas