Ayreon: a segunda parte da magnifica história

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Ayreon: a segunda parte da magnifica história

Por Guilherme Niehues | Fonte: All That Metal - ATM

  | Comentários:

Antes de iniciar uma explanação de nova trama, gostaria de agradecer aos acessos e leitura de você caro amigo leitor, tanto no Whiplash.net quanto no All That Metal – ATM. Exatamente por esse respaldo, é que continuaremos até o fim da jornada, para detalhar essa riquíssima obra de arte e seu maestro Arjen Anthony Lucassen.

Ayreon: a origem da magnifica história do projeto

Relembrando que, este artigo não se trata de um review do álbum, mas sim, uma leitura da história, conceito e personagens presente na trama.

Vamos ao que interessa, ao texto sobre o álbum:

Imagem
Arjen iniciou em 1994 com o The Final Experiment, um conceito bastante amplo e significativo com Ayreon, sobre ficção-cientifica, mensagens através do tempo e deixando claro que, existiria uma continuação desta jornada em outro disco. (In)felizmente, a história não seguiria os mesmos moldes de seu antecessor no álbum de 1996, Actual Fantasy, tema deste artigo.

Todavia, Arjen inovou novamente, trazendo consigo histórias interessantes e intrigantes, e abordando novos tópicos, sejam histórias criadas pelo próprio compositor ou assimilação com filmes de fantasia ou ficção cientifica.

Tendo essa ideia em mente, a bolacha foi composta para que o diálogo não fosse apresentado, mas sim, a narração na íntegra faixa a faixa. Também é perceptível avaliar que, há um time menor por trás do instrumental e dos vocais, podendo ser identificado 5 (cinco) vozes, onde uma está presente em todas as faixas e duas delas são identificadas apenas como “bebe” e “pequeno garoto”.

Para aqueles que conhecem Arjen, e sua carreira seja no Ayreon, Ambeon, em carreira solo ou qualquer outro projeto, sabe que o mesmo é um ser humano calcado de muitas ideias e grande parte delas, voltada a ficção-cientifica e fantasia, mas sem perder aquele toque de relacionar um ou outro detalhe ao mundo real. (nota: o álbum The Final Experiment, tema do primeiro artigo da série, é possível perceber que a sociedade prefere isolar os loucos que acreditam no fim do mundo ou em um sexto sentido, do que de fato, apoiar ou a tratar os mesmos, em base são vistos como perfeitos lunáticos desde os tempos do rei Arthur e Merlin).

Uma única semelhança entre o primeiro álbum e este retratado no artigo é a sonoridade e semelhança nas composições, criativas, intrigantes e inovadores (para a época), outra marca registrada de seu maestro.

Bom, com a apresentação já criada, vamos à análise da história/conceito do álbum. Para este artigo, será exposto faixa a faixa, pois conforme explanado, não se trata de um álbum conceitual, e sim de faixas conceituas com inicio, meio e fim. Então, lá vamos nós:

1. Actual Fantasy (Real Fantasia [ou Fantasia Real])

Uma introdução ao conceito do álbum, que pede ao ouvinte que relaxe, e permita sonhar e imaginar um mundo tão real quanto ele queira que seja. Lembram daquelas sessões de hipnose? “Sente e relaxe, deixe tudo para trás, abra sua mente e imagine o inimaginável”. Pois é, exatamente essa sensação impregnada nesta abertura.

2. Abbey of Synn (Abadia do Pecado)

A música é baseada no filme “O Nome da Rosa” (com Sean Connery), onde é contada a história de um monastério onde rir é estritamente proibido. Os monges um por um começam a morrer e deixam uma marca negra nos dedos e línguas. Após uma série de investigações, é descoberto um livro de comédia escrito por Aristóteles, mas suas páginas estão envenenadas; se você lamber o dedo e virar a página, você morre.

3. Stranger From Within (Estranho do Interior)

Uma garota se encontra em coma, e os médicos estão tentando encontrar um meio de ajuda-la. Neste estado ela começa a fantasiar sobre um estranho. Ele pode ser perigoso, ou inofensivo, ou apenas um mágico. O estranho então, conta a garota que ela mesmo pode se curar através de sua própria imaginação, e então ele permite que os médicos o acertem, enquanto ele leva consigo a doença dela. A garota acorda e o estranho de seu interior se torna parte dela.

Curiosidade: A história foi idealizada pelo próprio Arjen.
Fora utilizada a palavra Synn (antiga gramática da palavra sin) para dar ênfase aos sintetizadores (synthesizer) utilizados na música.

4. Computer Eyes (Olhos de Computadores)

A música conta sobre um garoto que esta a jogar um jogo no computador por dias. Em um determinado momento, ele não dizer se ele esta apenas jogando o jogo ou se tornou parte daquilo. Não é demonstrado nenhuma emoção e o mesmo se tornou um holograma, não achando uma saída daquela realidade.

Curiosidade: A história foi idealizada pelo próprio Arjen.

5. Beyond The Last Horizon (Além do Último Horizonte)

A história se passa na Idade Média, durante as cruzadas. Um dos cavaleiros da cruzada é emboscado e morto. Após esse fato, a história é familiar: ele vê uma luz e vai ao encontro da mesma através de uma estrada que desaparece no horizonte. Além do último horizonte: a morte. Na maioria deste tipo de história, é dito que existe uma bonita luz ou céu após o horizonte. Mas, nesta aqui, não há nada, a não ser a escuridão e que eventualmente o cavaleiro irá desaparecer e se perder para todo o sempre.

Curiosidade: A história fora criada durante os últimos dias da vida de seu pai.

6. Farside of the World (O lado distante do mundo)

A música é baseada em: “O Navegador”, um filme obscuro australiano. É sobre um garoto de um vilarejo medieval inglês onde uma praga esta matando grande parte dos habitantes. O garoto desmaia e tem uma visão: para curar o vilarejo ele terá que cavar um buraco através da terra, e do outro lado deverá cravar uma cruz no topo de uma torre cinza. Ao entender da letra, um ou dois personagens perecem na jornada, mas existe um final feliz.

7. Back on Planet Earth (De volta ao planeta Terra)

Um garoto vive numa estação espacial. Humanos perderam a habilidade de sentir, mas ele ouve as pessoas mais velhas contando estórias sobre quando eles viveram no planeta Terra. Em seu computador o garoto encontra imagens das coisas mais belas no planeta, como flores e montanhas, mas também que a Terra fora destruída por guerras e desastres ambientes, e que as pessoas tiveram que viver no espaço para sobreviver. O garoto percebe que após visualizar suas emoções, suas risadas, ele preferira ter morrido na Terra, do que viver naquela fria estação espacial.

Curiosidade: A história foi idealizada pelo próprio Arjen.

8. Forevermore (Para todo o sempre)

Baseada no filme “A história sem fim”. Um garoto rouba um livro de uma livraria. O garoto chega atrasado para a aula, se esconde no sótão e embaixo de um cobertor começa a ler o livro. O mundo fictício de “Fantasia” esta desmoronando; está sendo devorado pelo “Nada” (simbolizando o fato de ninguém mais fantasiar). O herói da história deve curar a imperatriz de sua doença e salvar “Fantasia”. Ele o faz, dando a imperatriz um nome.

9. The Dawn of Man (Aurora do Homem)*

Última música do álbum, inspirado nos filmes “2001” e “2010” de Stanley Kubrick. A letra retrata a interpretação e a própria fantasia de Arjen perante aos dois filmes. E o caro amigo ouvinte, deve fazer o mesmo. Uma vez que as letras não podem ser explanadas de uma única forma. Apenas use sua imaginação! :)

Curiosidade: A música aparece somente na versão remasterizada de 2004 e na segunda versão do disco original. Sendo que na primeira versão, a mesma não consta e no lugar da mesma, existe um vídeo clipe animado da música Stranger from Within.

No inicio da história do projeto, havia muitos sintetizadores a serem utilizados nas composições de Arjen e também de bateria eletrônica, que é o caso do álbum Actual Fantasy.

Com isso, em 2004, Arjen relançou este álbum com o seu parceiro Ed Warby (Gorefest) realizando a parte de bateria, deixando o álbum mais orgânico, e também sendo remasterizado em Dolby 5.1, permitindo uma nova sensação ao ouvinte de todo o seu álbum.

Todas as músicas remasterizadas, não são tão diferentes da versão original, mas possuem um tempo a mais ou a menos em cada uma delas, o que contabiliza cerca de 7 minutos a mais no álbum remasterizado, também devido a faixa The Dawn of Man.

Inegável, novamente, informar que se o amigo leitor queira conhecer essa experiência como um todo, é necessário acompanhar suas músicas com as letras ao lado, para entender os detalhes de cada trama e personagens únicos criados pelo maestro Arjen Anthony Lucassen.

Tracklist de Actual Fantasy:
1. Actual Fantasy
2. Abbey of Synn
3. The Stranger from Within
4. Computer Eyes
5. Beyond the Last Horizon
6. Farside of the World
7. Back on Planet Earth
8. Forevermore
9. The Dawn of Man* (somente na versão remasterizada de 2004 e segunda versão do disco Actual Fantasy)

Confira o vídeo oficial da música: Stranger from Within.


Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Matérias e Biografias
Todas as matérias sobre "Ayreon"

Ayreon: Trabalho complexo, introspectivo e belo
Lacuna Coil: artisticamente apaixonada por Arjen Lucassen
Marco Hietala: "É ótimo que alguém ainda faça prog independente"
Ayreon: Parecia impossível, mas o gênio se superou
Ayreon: faixa título de novo álbum disponível para streaming
Ayreon: confira o primeiro trailer de novo álbum
Ayreon: divulgada a lista de faixas de novo álbum com 42 músicas
Ayreon: revelada capa de novo álbum
Ayreon: Tommy Karevik confirmado no novo álbum
Ayreon: sétimo vídeo da série "adivinhe o vocalista"
Ayreon: Cristina Scabbia, do Lacuna Coil, em novo álbum
Ayreon: Rick Wakeman também fará parte de novo álbum
Ayreon: Keith Emerson também confirmado em novo álbum
Ayreon: Marco Hietala estará em próximo disco
Ayreon: novo álbum deve ser lançado ainda em 2013

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Guilherme Niehues

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas