Folk Rock Inglês - Os Avós do Folk Metal

WHIPLASH.NET - Rock e Heavy Metal!

Folk Rock Inglês - Os Avós do Folk Metal

Por Tiago Lucas Garcia

  | Comentários:

Podemos considerar as bandas de folk-rock do final dos 60, tais como o Fairport Convention, Steeleye Span, Albion Band como os avós do folk metal, pois foram eles os primeiros a colocarem guitarras, baixo e bateria, enfim colocar certo peso na música folk, porém somente vinte anos após foi que o folk-metal surgiu.

Como escrevi na matéria “Folk Metal e música celta” as bandas da cena inglesa de folk rock dos anos setenta (deveriam inventar uma sigla para isso!) foram os avós do folk metal.Não que essas bandas tenham influenciado as bandas de folk metal, mas como descrito no trecho acima, eles foram os primeiros a incluir a sonoridade rock na música genuinamente folclórica.

Para remontar a origem do estilo temos que nos transportar para Londres no fim da década de 60 quando artistas americanos como Bob Dylan, Joni Mitchell e The Byrds tinham muito prestigio na terra de Jack o Estripador. Um contraponto a essa invasão americana era o “revival” da música celta na Irlanda e Escócia, alavancado por companhias como o The Chieftains. Isso acabou afetando também os Ingleses, que além de assimilarem a música de seus vizinhos, procuraram resgatar suas próprias canções. Foi com essa junção de folk americano, música folclórica e logicamente o rock inglês da época (que no final dos 60 já havia adquirido um tom mais psicodélico/progressivo) que o folk-rock se delineou.

Vou colocar aqui uma lista de bandas do estilo, lembrando que essa matéria trata especificamente da cena folk-rock inglesa dos setenta, assim como dos artistas que perambulavam nesse meio na época... Mas enfim,vamos ao que interessa:

Imagem
Fairport Convention

Os pioneiros do estilo, que contavam no inicio com o arroz de festa do folk-rock (no bom sentido) Ashley Hutchings, e através de sua historia contou com músicos que construíram o cenário do folk-rock da época tais como a cantora Sandy Denny, Simon Nicol, Richard Thompson e muitos (acreditem são realmente muitos) outros. No inicio a banda mostrava mais influencias de artistas americanos como Joni Mitchell e Bob Dylan (ambos “coverizados” no debut auto-intitulado), porem já no segundo álbum com a entrada de Sandy Denny a banda começou a mostrar seus intentos folk. O Fairport Convention lançou em 1969 o que é considerado por alguns a obra-prima do folk-rock, o álbum “Liege & Lief”. Depois do lançamento desse álbum ocorre um “racha” na banda que resolveu utilizar os vocais do então guitarrista Simon Nicol e do violinista “doido” Dave Swarbrick no álbum “Full House”, talvez o seu mais “elétrico”. Depois de vários ótimos álbuns com diferentes formações (que quase dão para competir com o “Made in Brazil”) em 2002 a banda lançou seu ultimo álbum de estúdio chamado “XXV” em comemoração ao seu trigésimo quinto (!) aniversário, com a participação do vocalista/flautista do Jethro Tull, Ian Anderson.

Clique aqui para mais informações.

Imagem
Steeleye Span

Outro ícone do folk-rock inglês foi formado quando Ashley Hutchings saiu do Fairport Convention no intuito de formar uma banda ainda mais voltada para a música celta, e assim foi o primeiro álbum. Contando com a ótima cantora Maddy Prior, a banda tocava músicas tradicionais (medievais, celta e inglesas) com mínimas passagens “eletrificadas”. Porem com a entrada de Martin Carthy, que resolveu trocar seu violão por uma guitarra elétrica, o Steeleye adquiriu um caráter mais “rocker” (porem ainda sem bateria) no álbum “Please To See The King” (1971). Foi com a saída do próprio Martin e de Ashley Hutchings, que mais tarde o Steeleye enveredou de vez pelos caminhos do folk-rock contratando um baterista e investindo num relativo peso. Depois de ótimos álbuns seguindo sempre um ótimo padrão de qualidade, a banda lançou em 2000 seu ultimo álbum de estúdio (já sem a participação de Maddy Prior), “Badlam Born”, talvez um dos melhores álbuns da banda mostrando uma sonoridade mais “hard”.

Clique aqui para mais informações.

Albion Band

Fundado por (adivinhe quem??) Ashley Hutchings, a banda lançou por diferentes nomes como Albion Country Band (nada a ver com o estilo americano), Albion Dance Band e Albion Band (sem nada no meio) clássicos do estilo folk-rock, porém mais voltados para danças folclóricas inglesas, celtas e afins. A banda existe até hoje.

Clique aqui para mais informações.

Nick Drake

O cantor mais conhecido hoje em dia pela música da propaganda do Volkswagen Cabriole que foi ao ar nos EUA, também teve sua carreira entrelaçada pelo cenário musical do folk-rock de Londres. O cantor começou sua carreira apenas cantando em bares na tradicional fórmula voz e violão quando em uma dessas apresentações a pessoa de (pensaram que iriam se livrar dele?) Ashley Hutchings notou o grande talento do rapaz e rapidamente repassou a notícia para o produtor Joe Boyd. Em 1968 Drake lançou o álbum “Five Leaves Left” mostrando uma música soturna com arranjos de corda e o estilo quase meditativo de cantar de Mr.Drake. Em 1970 é lançado Bryter Layter álbum que soa mais diversificado, e de certa forma mais próximo ao folk-rock. Drake utilizou-se nesse álbum da cozinha do Fairport Convention que contava na época com o baixista Dave Pegg (que mais tarde deixaria o F.C. para integrar o Jethro Tull) e Dave Mattacks (que tocaria mais tarde com nomes como Paul McCartney e de novo o Jethro Tull). Porém nem tudo corria bem, pois o álbum foi um fracasso de vendas, o que fez Drake ficar (ainda mais) depressivo, o que resultou no álbum Pink Moon (título, aliás, da música do comercial) que mostra um Drake mais introspectivo compondo faixas curtas , cantando acompanhado apenas por piano e seu violão. Após o lançamento desse álbum o humor de Nick levantou um pouco e o cantor nesse período chegou a pensar em morar na França e escrever músicas para outros artistas. Em 27 de novembro de 1974 Drake foi encontrado morto em sua cama vítima de uma overdose do antidepressivo Tryptizol, num suposto suicídio contestado até hoje pela família e fãs.

Clique aqui para mais informações.

Imagem
Pentangle

A banda foi formada quando dois violonistas conhecidos do cenário folk-rock, Bret Jansch e John Renbourn recrutaram a vocalista Jacqui McShee, o baixista Denny Thompson (que havia tocado com Nick Drake) e o baterista Terry Cox para formar uma banda que tocasse uma mistura entre jazz, rock, blues e folk. Depois de dois bons álbuns a banda lança seu maior clássico, Basket Light. A banda lançou mais alguns álbuns, porém encerrou atividades em 1973 e acabou voltando apenas em 1980. Nos dias de hoje se tornou Jacqui McShee´s Pentangle, sendo a cantora o único membro da formação original.

Clique aqui para mais informações.

Imagem
Curved Air

O “ar curvado” era outra banda do cenário londrino, porém assim como o Pantangle investia em alguns experimentos extra folclóricos, com influências de jazz, música clássica, além de ser mais orientado ao “hard rock”. O primeiro álbum da banda, “Airconditioning”(que foi o primeiro picture disc da história do rock) já contava com clássicos do grupo como “Vivaldi”, uma variação maluca de um tema composto por Antonio Vivaldi. No segundo álbum se encontra o seu maior sucesso comercial, a faixa “Back Street Luv”, que chegou ao quinto lugar na parada de singles da época. Depois do excelente álbum “Phantasmagoria” (1972), a formação original da banda, que contava com os virtuosos Darryl Way e Francis Monkman, se desmanchou. Assim, capitaneados pela cantora Sonja Kristina a banda lançou bons álbuns como “Air Cut”, sempre mantendo o estilo experimental.Depois dos álbuns “Midnight Wire” e “Airborne”, na metade da década de setenta, a banda acabou. Durante os anos 80 e 90 aconteceram algumas reuniões, o que culminou no lançamento do álbum “Alive 1990”, mas um retorno definitivo ficou só na imaginação dos fãs.

Clique aqui para mais informações.

Strawbs

O Strawbs foi (e ainda é) uma das melhores bandas do folk-rock londrino, a banda que chegou a contar no inicio com a vocalista Sandy Denny, que foi mais tarde substituída em alguns shows pela cantora do Curved Air Sonja Kristina. A banda lançou nos anos 70 clássicos do estilo como “Grave New World” e “Dragonfly” (esse com a participação de Rick Wakeman). Na sessão de bandas do Whiplash! se encontra a biografia do Strawbs.

Clique aqui para mais informações.

Amazing Blondel

Não sei ao certo se folk-rock seria o termo exato para descrever o som dessa banda (que foi descoberta pelo baixista do Free, Andy Fraser). O trio inglês soa como uma companhia de menestréis visitando a Londres dos anos 60. O grupo não conta com nenhum instrumento elétrico e investe em reconstruir as canções renascentistas pseudo-elizabeteanas (como eles auto-denominam sua música). Após um período “na geladeira” a banda voltou à ativa em 1997 com o álbum “Restoration”.

Clique aqui para mais informações.

Gryphon

A banda iniciou como uma companhia de música renascentista, medieval e de música elisabetana (referente à época da antiga rainha Elizabete) com um toque de humor pitoresco. A banda utilizava somente instrumentos acústicos da época retratada no álbum auto-intitulado de 1973. Já no segundo álbum, “Midnight Mushrooms” a banda resolveu apostar em um maior experimentalismo, incluindo instrumentos elétricos. No terceiro álbum, “Red Queen yo Gryphon Three”, a influencia “progressiva” cresceu ainda mais. Após esses três clássicos a banda foi meio que esquecendo a influência de música antiga e se concentrando num estilo mais próximo de um prog-pop como no álbum “Treason” (que marcou a saída do guitarrista Greame Taylor, que havia se juntado ao Albion Band). “Treason” (de 1977) foi também o ultimo álbum da banda. Em entrevista, o baterista da banda, David Oberlé, comentou que os ex-membros da banda estão pensando seriamente em uma reunião. So resta torcer!

Clique aqui para mais informações.

Jethro Tull

Apesar de mundialmente famosos e longe de se restringirem ao cenário Londrino, o Jethro Tull (nome do inventor da máquina de semear) sempre se utilizou dos músicos do cenario Londrino, como Dave Pegg (do Fairport), Ed Jobson (do Curved Air) e Dave Mattacks (Fairport, Nick Drake, etc). O som do Jethro Tull sempre mostrou algo da sonoridade folk-rock, porém a banda passou por varias fases, umas mais folk e acústicas, outras mais sintetizadas. Os álbuns de maior interesse para ouvir a sonoridade folk do Tull talvez seriam “Songs From The Wood” e o “Heavy Horses”.

Clique aqui para mais informações.

Apesar de a cena do folk-rock inglês ser bem restrita a Londres na época, muitas outras bandas fora de Londres (e até fora da Inglaterra) surgiram influenciadas pelo antigo folk-rock. Podemos citar bandas que adquiriram um certo sucesso como o “Oyster Band”, ou outras conhecidas apenas dos folk-rockers como o Tempest (membro da gravadora de rock progressivo Magna Carta).

Em caso de dúvidas ou sugestões, por favor mande um e-mail para esse que vos escreve, ou deixe uma mensagem no mural, que com certeza irei responder.

Criado em 1996, Whiplash.Net é o mais completo site sobre Rock e Heavy Metal em português. Em março de 2013 o site teve 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas e 8.590.108 pageviews. Redatores, bandas e promotores podem colaborar pelo link ENVIAR MATERIAL no topo do site.

Esta é uma matéria antiga do Whiplash.Net. Por que destacamos matérias antigas?


  | Comentários:

Todas as matérias da seção Matérias e Biografias
Todas as matérias sobre "Fairport Convention"
Todas as matérias sobre "Steeleye Span"
Todas as matérias sobre "Nick Drake"

Nick Drake: Um dos maiores gênios musicais do século passado
Nick Drake, Pride & Glory: o humor das Tirinhas do Grilo
Nick Drake
Álbum de raridades de Nick Drake será lançado em maio
Folk Rock Inglês - Os Avós do Folk Metal

Os comentários são postados usando scripts do FACEBOOK e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Pense antes de escrever; os outros usuários e colaboradores merecem respeito;
Não seja agressivo, não provoque e não responda provocações com outras provocações;
Seja gentil ao apontar erros e seja útil usando o link de ENVIO DE CORREÇÕES;
Lembre-se de também elogiar quando encontrar bom conteúdo. :-)

Trolls, chatos de qualquer tipo e usuários que quebram estas regras podem ser banidos sem aviso. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Tiago Lucas Garcia

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados.

Caso seja o autor, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Link que não funciona para email (ignore)

QUEM SOMOS | ANUNCIAR | ENVIAR MATERIAL | FALE CONOSCO

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em março: 1.258.407 visitantes, 2.988.224 visitas, 8.590.108 pageviews.


Principal

Resenhas

Seções e Colunas

Temas

Bandas mais acessadas

NOME
1Iron Maiden
2Guns N' Roses
3Metallica
4Black Sabbath
5Megadeth
6Ozzy Osbourne
7Kiss
8Led Zeppelin
9Slayer
10AC/DC
11Angra
12Sepultura
13Dream Theater
14Judas Priest
15Van Halen

Lista completa de bandas e artistas mais acessados na história do site

Matérias mais lidas